Perguntas
e Respostas

Tire suas dúvidas sobre o Programa Ceará Credi.

Aguarde o e-mail de confirmação e as etapas abaixo:

1. Agendamento:
O agente de crédito entrará em contato com você via telefone ou WhatsApp para agendar uma entrevista presencial ou virtual.

IMPORTANTE: Para abertura de novos negócios, é preciso fazer os cursos “Desvendando o Crédito” e “Ceará Credi – Ajudando você a pensar no seu negócio”, disponíveis na plataforma Ceará Credi (https://cearacredi.ce.gov.br). Depois de assistir todas as aulas, você receberá um certificado digital e seu cadastro seguirá para a etapa de agendamento.

2. Entrevista presencial ou virtual:
Você e o agente de crédito irão conversar sobre o seu empreendimento e as condições para aprovar o seu empréstimo. Quer se preparar? O agente vai querer conhecer o seu negócio, a partir de informações como:

  • Atividades, produtos e/ou serviços que desenvolve;
  • Quanto pretende tirar emprestado;
  • Em que vai aplicar o dinheiro do crédito;
  • Se o crédito for individual, com avalista, qual nome do seu avalista;
  • Se não tem avalista, você precisa participar de um grupo solidário e apresentar informações sobre o seu grupo;
  • Se vai empreender de forma coletiva, quem são os outros participantes do seu grupo;
  • Valor das vendas por mês;
  • Gastos por mês; e
  • Quanto acha que pode pagar de prestação por seu empréstimo.

 

3. Aprovação e liberação
Após a entrevista sua proposta será analisada. Em caso de aprovação, você será comunicado via e-mail, telefone ou WhatsApp. Em seguida, o contrato poderá ser assinado de forma presencial ou virtual, para liberação da sua conta no aplicativo E-Dinheiro.

O agente de crédito entrará em contato via telefone ou WhatsApp, após a confirmação do seu cadastro, que chegará através do e-mail apresentado durante a sua inscrição no Ceará Credi. 

Saiba tudo sobre o seu negócio!

Atividades, produtos e/ou serviços que desenvolve;

 Quanto pretende tirar emprestado;

  • Em que vai aplicar o dinheiro do crédito;
  • Se o crédito for individual, com avalista, qual nome do seu avalista;
  • Se não tem avalista, você precisa participar de um grupo solidário e apresentar informações sobre o seu grupo;
  • Se vai empreender de forma coletiva, quem são os outros participantes do seu grupo;
  • Valor das vendas por mês;
  • Gastos por mês; e
  • Quanto acha que pode pagar de prestação por seu empréstimo?

Inscreva-se e participe dos cursos gratuitos disponíveis na plataforma Ceará Credi. Eles são voltados para ajudar você a usar seu empréstimo e tocar seu negócio da melhor forma. As inscrições podem ser feitas depois da etapa de cadastro no programa.

É o Programa de Microcrédito Produtivo do Governo do Estado do Ceará. Ele vai disponibilizar empréstimo financeiro e capacitação para os cidadãos que desejam abrir ou desenvolver os seus próprios negócios.

Ele vai disponibilizar empréstimo financeiro e capacitação para os cidadãos que desejam abrir ou desenvolver os seus próprios negócios.

Confira o cronograma de implantação do programa:

LANÇAMENTO EDITAL SELEÇÃO AGENTES E SUPERVISORES
29 abril
RESULTADO PRIMEIRA ETAPA SELEÇÃO AGENTES E SUPERVISORES
05 maio – http://www.idt.org.br/trabalhe-no-idt
REALIZAÇÃO DO CURSO DE FORMAÇÃO DE AGENTES E SUPERVISORES
10 a 13 de maio – http://www.idt.org.br/trabalhe-no-idt
RESULTADO FINAL DA SELEÇÃO AGENTES E SUPERVISORES
17 maio
ABERTURA RECEBIMENTO DE CADASTRO DE EMPREENDEDORES
20 maio – https://cadastro.cearacredi.ce.gov.br/login

O Instituto E-dinheiro Brasil é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) de microcrédito. Ele foi criado pelos fundadores e técnicos do Banco Palmas, em 2014.

Hoje, atua como uma rede de bancos comunitários digitais muito segura, com plataforma digital registrada como Arranjo de Pagamento no Banco Central. Possui aplicativo, internet banking e cartão. Permite fazer empréstimos, transferências e pagamentos de forma digital.

O Governo do Ceará abrirá um cadastro para você fazer uma proposta de crédito, dizendo como pensa em usar o dinheiro. Sua proposta será analisada e, se aprovada, o dinheiro será liberado.

Se achar complicado, não se preocupe. Você não estará sozinho. Receberá orientação do Agente de Crédito, que vai lhe ajudar a ajustar sua proposta à previsão de geração de renda e capacidade de pagamento do empréstimo.

Mas, você terá que se encaixar no público que o programa CEARÁ CREDI vai atender, para ter direito ao empréstimo.

Você tem acesso ao crédito se for: empreendedor (a) informal ou formal, trabalhador (a) autônomo (a), agricultor familiar ou estiver desempregado e queira desenvolver uma atividade produtiva.

Combinado com isto, é necessário ter idade a partir de 18 anos (ou ser emancipado) e realizar atividades apoiadas pelo programa, em um negócio que você já tenha ou que pretender abrir. As atividades apoiadas são:

  • os pequenos comércios para venda de todo tipo de produto, podendo ter ponto fixo ou ser ambulante;
  • a produção de artesanato e de bens de consumo (como alimentos, roupas, acessórios e outros),
  • a fabricação de utensílios e equipamentos simples;
  • a prestação de serviços autônomos de consertos e manutenção (eletricista, bombeiro hidráulico, pintura, pedreiro, marcenaria etc.),
  • serviços na área da beleza, da saúde e outros.

 

O programa vai atender os empreendedores que moram no Ceará, em qualquer município. Mas, como este programa foi criado para atender os mais necessitados, você não poderá ser atendido:

  • se o faturamento de seu negócio for maior que 81 mil anual (R$ 6.750,00 mensais, em média);
  • se sua renda pessoal, incluindo o lucro da atividade econômica, ultrapassar 3 salários mínimos mensais

Sim. Mas antes será preciso participar de um curso gratuito de educação financeira e criação de plano de negócios para orientar o seu pedido de crédito.

Não. Esse crédito serve para geração de renda, ou seja, para você desenvolver uma atividade produtiva, montar um pequeno comércio, prestar serviços, fazer artesanato, seja na capital ou no interior.

  • Para comprar matéria-prima e/ou insumos para fabricar produtos acabados ou para revender (capital de giro). 
  • Para comprar máquinas, equipamentos, utensílios, ferramentas.

 

  • Para fazer pequenas reformas no negócio.

O valor depende do tamanho de sua atividade produtiva e da sua capacidade de pagamento: 

  • Para comprar mercadorias para revender ou matéria-prima para produzir, o valor mínimo é de R$ 500,00 e o valor máximo é de R$ 3.000,00. 
  • Para investimento fixo, o valor máximo é de R$ 5.000,00 e o valor mínimo é de R$ 1.000,00.

Até dezembro de 2021, o CEARÁ CREDI não cobrará taxas de juros nem outras taxas. Será um incentivo para você criar um negócio ou fortalecer sua atividade e aumentar sua renda familiar.

As parcelas variam com a finalidade do crédito. 

  • Para capital de giro: de 4 a 9 meses.
  • Para investimento fixo: de 12 a 24 meses.

Sim. Você pode pedir o crédito para desenvolver atividades não agrícolas no meio rural.

Não. Este programa é apenas para pessoas que moram no estado do Ceará.

Através do endereço https://cadastro.cearacredi.ce.gov.br. Entrando no portal você faz o pré-cadastro e o cadastro para pedir o empréstimo.

  • CPF
  • RG (carteira de identidade)
  • CNPJ (se tiver)
  • Comprovante de endereço

Pode pedir, mas seu caso será analisado.

São 6 passos. Confira:

Passo 1 — Pré-cadastro

Você acessa o portal do Governo do Estado do Ceará (https://cadastro.cearacredi.ce.gov.br/ ) e preenche o pré-cadastro e seus dados são checados pelo sistema.

Se estiver tudo ok, você criará uma senha para acessar o sistema e avançar no processo.

Passo 2 — Cadastro

Com seu pré-cadastro aprovado, você faz o cadastro, também no portal do Governo do Estado do Ceará.

O cadastro serve para conhecer melhor você, pelos dados pessoais e os dados do negócio. 

Se seu cadastro for aprovado, você poderá pedir o empréstimo, seguindo para o próximo passo. 

Passo 3 — Pedido de empréstimo

Chegou a hora de você pedir o empréstimo. Daqui para frente, você terá a ajuda de um agente de crédito do programa. Ele entrará em contato com você por telefone ou WhatsApp, para ajudá-lo a elaborar e enviar sua proposta de crédito.

Passo 4 — Curso de educação financeira e plano de negócio simplificado

Se você quer iniciar um negócio, precisará fazer os cursos de Educação Financeira e Plano de Negócio Simplificado, oferecidos de graça pelo Ceará Credi.

O Agente de Crédito acompanhará você no cumprimento dessa exigência e o ajudará na construção do PLANO DE NEGÓCIOS do empreendimento e na revisão da PROPOSTA DE CRÉDITO.

Passo 5 — Análise do crédito

Aqui ocorre a ANÁLISE DO CRÉDITO, feita com base nos seus dados registrados no sistema, incluindo as informações prestadas pelo Agente de Crédito que fez seu atendimento.

Se o seu crédito for aprovado, você será informado do valor do empréstimo e da quantidade, valor e vencimento das parcelas. Também será orientado como pagar o empréstimo pelo app do E-Dinheiro.

Caso seu crédito não seja aprovado, você será informado e terá acesso à justificativa.

Passo 6 — Contratação

Esta é a fase da CONTRATAÇÃO. Com o crédito aprovado, você será orientado a fazer a ASSINATURA DO CONTRATO.

Também é o momento em que será aberta sua CONTA na plataforma E-Dinheiro e os RECURSOS serão liberados.

Não é possível informar um prazo exato. Porém, cumpridas as etapas que dependem da iniciativa e da interação com o cliente (pré-cadastro, cadastro e solicitação de crédito), a análise da proposta e a disponibilização do dinheiro ocorrem em um prazo curto. 

Depende. Se você juntar um grupo solidário de 4 a 5 pessoas e cada um pedir um empréstimo para seu negócio individual, não precisa de fiador. Essas mesmas pessoas dão o aval solidário umas para as outras. Isso também acontece se o negócio for coletivo.

Mas se você fizer um empréstimo individual, então precisará de um fiador com renda comprovada.

É quando um grupo de 4 até 7 empreendedores se reúne de forma voluntária para pedir o empréstimo para seus negócios. Esses empreendedores se conhecem e confiam uns nos outros. A garantia é solidária, eles são fiadores entre si.

É quando a atividade produtiva é feita em grupo, de forma coletiva. Nesse caso, o grupo recebe o empréstimo e assume a capacidade de pagamento. As mercadorias e os equipamentos comprados com o dinheiro do empréstimo pertencem a todo o grupo.

Não. O dinheiro só pode ser usado para gerar trabalho e renda. Mas se você aplicar bem na sua atividade, vai começar a ter lucro e poderá pagar suas dívidas.

  1. No portal a ser disponibilizado pelo Governo do Ceará você precisará preencher um cadastro inicial. Se ele for aprovado, você será avisado por e-mail.
  2. Com o cadastro inicial aprovado, você preenche um novo cadastro pedindo o crédito. 
  3. Um agente de crédito do CEARÁ CREDI fará uma entrevista com você para analisar seu pedido e a sua capacidade de pagamento do empréstimo.  
  4. Se o seu pedido for aprovado, o dinheiro será liberado em uma conta aberta para você na plataforma E-Dinheiro, que é um banco comunitário digital.

O edital para ser agente de Microcrédito foi lançado e está disponível no endereço:

http://www.idt.org.br/trabalhe-no-idt/531 (Edital encerrado)

A partir do lançamento do edital, os candidatos devem inscrever-se conforme estabelecido e passar por um processo seletivo que envolve a aprovação do cadastro e a análise do currículo, com ênfase no perfil pessoal, visando encontrar pessoas vocacionadas para desempenhar as atividades próprias da função e, especialmente, para atender ao público ao qual o programa se destina.

Ligue para a Central 155 ou acesse o site Ceará Transparente (www.cearatransparente.ce.gov.br).

Fale conosco

ouvidoria.geral@cge.ce.gov.br
Central de atendimento 155

ACESSO RÁPIDO

Ceará
Transparente

Acesso à informação

Ouvidoria do Estado

Portal do Governo

ACESSO RÁPIDO

Ceará
Transparente

Ouvidoria do Estado

Acesso à informação

Portal do Governo